Transgênero gastou R$ 300 mil para mudar sua aparência
   Jim  Ferrari  │     11 de janeiro de 2016   │     8:00  │  0

848

Uma transgênero que gastou o equivalente a mais de R$ 300.000 em cirurgias plásticas para mudar sua aparência revelou que não vai parar até chegar à “perfeição”.

datena-barbaridadeFulvia Pellegrino, de 56 anos, da Itália, passou por procedimentos faciais, implantes mamários, duas lipoaspirações e também por uma intervenção no bumbum, mas relatou que ainda está em busca de corpo e rosto perfeitos.

Ela tinha apenas 15 anos quando percebeu que era transgênero, mas com medo de sua família – muito religiosa – manteve quem realmente era em segredo.

851

Há 32 anos Fulvia se casou com Marisa Altare e também escondeu isso dela, mas frequentava secretamente clubes gays e se vestia como mulher na privacidade da garagem de sua casa.

Não suportando mais a situação, no ano 2000 ela finalmente confessou seu segredo à esposa e revelou que desejava realizar uma transição. Inicialmente Marisa “se perdeu” nas palavras de Fulvia, mas depois compreendeu e passou a apoiá-la.

A transgênero vendeu suas armas, carros e uma casa na França para pagar por suas caras cirurgias. “Hoje Marisa e eu somos nada mais do que duas irmãs”, relatou a mulher, que passou a ser rejeitada pelos pais, mas não pelos irmãos.

Algum tempo depois, seu pai, que tentou convencer Marisa a internar o marido em uma clínica psiquiátrica, mas sem sucesso, morreu, e ela foi impedida de ir ao velório.

Fulvia, que revelou desejar se parecer com Allanah Starr, uma estrela de filmes com conteúdo adultos e que é americana e transgênero, também contou que os habitantes da cidade de Peveragno, onde vive com a inseparável esposa, têm inventado boatos de que ela é uma prostituta, passando a excluir o casal.

“Todos os meus amigos têm desaparecido – eles não me aceitam”, afirmou.

Tags:, , ,

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *