Orangotangos são usados em prostituição na Ásia
   Jim  Ferrari  │     2 de fevereiro de 2015   │     9:07  │  0

Pony foi encontrada deitada num colchão manchado em uma pequena cidade do Sudeste Asiático. Ela é mais uma vítima da escravidão sexual naquela região. A história ganha contornos mais dramáticos pelo fato de Pony ser um orangotango fêmea, descoberta em uma casa de prostituição no centro de Bornéu, na Indonésia, conforme conta o site da revista Info.

b400127f97ade3f1df8ee745f6c0d31d

Acorrentada a uma cama, Pony foi encontrada perfumada e com batom, segundo a veterinária espanhola que ajudou em seu resgate. A operação foi delicada e os ativistas foram ameaçados com facas. Foi necessária a ajuda de uma equipe de 30 policiais e o processo levou mais de um ano para obter sucesso.

Para resgatar Pony, além dos policiais, a associação de proteção aos orangotangos contou com a ajuda de uma equipe armada com fuzis AK-47 para libertar Pony. Infelizmente, não é um caso isolado: na Tailândia, esses animais também são utilizados para satisfação sexual e os traficantes matam as mães para roubar os filhotes.

Depois de um tempo de reabilitação na sede da Fundação Borneo Orangutan Salvation, Pony foi levada para a ilha fluvial de Bangamat, local utilizado para reintegrar esses animais à vida selvagem. Lá, ela vive desde 2012 com outros seis orangotangos.

VI NA INTERNET

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *