23 de fevereiro de 2016

Menino de 4 anos é condenado à prisão perpétua por assassinato cometido aos 2 anos

1706

Um menino de 4 anos de idade foi condenado à prisão perpétua após ser considerado culpado em uma acusação de assassinato.

Ahmed Mansour Karni não estava no tribunal no Cairo, Egito, quando foi condenado e sentenciado pelo crime, que teria sido cometido quando ele possuía apenas dois anos.

Seu nome estava em uma lista de “procurados” por assassinato, perturbação da paz e por danificar uma propriedade estatal, mas o advogado de defesa, Faisal a-Sayd, acredita que seu cliente tenha sido colocado lá por engano.

Mohammed Abu Huraira, advogado egípcio, disse que o país “é governado por um bando de lunáticos”.

O caso continua.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *