As notícias que abalaram o mundo – 2ª edição
   Jim  Ferrari  │     17 de abril de 2015   │     10:46  │  0

CABECA-ABALARAM-O-MUNDO

Na 2ª edição do nosso resumo semanal selecionamos para você algumas notas curiosas que circularam nos tabloides internacionais. Hoje a China e o Japão ganharam destaque, confira:

Bonecas sexuais hiper-realistas

bonecas-hiper-realistasCresce o número de chineses que usam “bonecas” para satisfazer os seus desejos sexuais. Lojas especializadas vendem as bonecas de 1,56m por US$ 2.500 cada. O aumento na procura pode estar relacionado ao fato de muitos chineses viajarem para Pequim para trabalhar durante a semana e só retornarem para casa durante o fim de semana. Muitos homens casados preferem ter uma boneca pois assim, concluem, não estarão traindo suas mulheres.

Namoro pela internet

chines29Um homem de 29 anos largou o emprego para procurar a namorada de 62 que conheceu pela internet, numa rede social chinesa para relacionamentos. Depois que a sua amada deixou de manter contato, o jovem resolveu ir até a cidade natal dela a fim de encontrá-la. Apesar do esforço, ele ainda não a encontrou, mas prometeu não desistir do seu primeiro amor.

Cerveja que te deixa mais jovem

cervejajovemUma empresa japonesa lançou uma cerveja que possui colágeno, uma substância que ajuda no combate ao envelhecimento. Ela pretende incentivar o público feminino a consumir sua bebida porque, segundo a fabricante, ela diminuiria o aparecimento de rugas. São dois gramas de colágeno por lata.

Abandonou o bebê e voltou ao trabalho

bebchorandoNa China, uma adolescente deu à luz no banheiro da fábrica onde trabalha e, em seguida, abandonou o bebê e voltou para o serviço. A operária, de 17 anos, estava envergonhada por não ter contato a ninguém sobre a gravidez e o abandono do seu namorado. Disse que temia perder o emprego. A criança foi salva por um segurança da fábrica que ouviu o bebê chorando.

Para ler a edição anterior, clique aqui.

Tags:, , , , , ,

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *